sábado, 27 de fevereiro de 2010

Se a tua mãe fosse lésbica, mudava alguma coisa? Sim, mudava.


Se a tua mãe fosse lésbica, mudava alguma coisa?
Mudava.
Ser lésbica, ser mãe lésbica é diferente de ser mãe heterossexual. É.
Ser mãe lésbica não só muda alguma coisa.
Ser mãe lésbica muda tudo. É.
Não é assim com publicidades que se mudam mentalidades e preconceitos.
A vida de uma mãe e que simultaneamente é lésbica é muito mais do que a publicidade escreve.
É que de facto, ser mãe lésbica muda muita coisa.
Imenso.
Sintam.

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Eu fui uma criança testemunha de jeová

Eu fui uma criança testemunha de jeová.


Uma prima da minha mãe impingiu a ressurreição do meu pai à minha mãe, e a minha mãe, coitada, inconsolada, crente, aceitou participar na grande mentira.
A minha mãe tornou-se testemunha de jeová e eu criança fui sem escolha uma criança testemunha de jeová.
Ora, nada melhor do que o relato da minha experiência para dizer que, não valeu a pena ser criança testemunha de Jeová, sabem porquê? Porque aquela seita é perversa, os velhos são suportados, os adultos homens e mulheres são estranhos, os adultos jovens tentam encontrar uma noiva desesperadamente no seio (disse bem, no seio...), dentro da organização. Esta espécie de incesto faz-me lembrar outra situação bem próxima, os casamentos entre primos da mesma família, e os outros, os casamentos de conveniência...dentro é claro do amor ao Pai (deus), é de facto, tudo muito promíscuo..., sim, se o amor não escolhe idade, nem raça, nem sexo, porque havia de o amor acontecer ali mesmo dentro das congregações...um bocadinho forçado convenhamos...
Dizia eu que a criança que eu fui, testemunha de jeová andava com saias e com vestido quer fizesse sol quer fizesse chuva, para as reuniões, para o testemunho, uma enorme chatice, convenhamos, só para agradar a deus? será que deus não me daria o paraíso se eu andasse de calças quando me apetecesse e tivesse frio nas pernas? alguém acredita que um deus bom proibe alguém de ter as pernas quentinhas quando está frio? não me parece! mais, enquanto criança das testemunhas de jeová fiz designações e dei comentários nas reuniões e até enquanto adolescente dirigi um estudo bíblico, li livros, li muitos, revistas, livros, com imagens de paraísos, acompanhados pelos textos do apocalipse, estes cheios de monstros para os desobedientes, para os maus, com a oferta de destruição eterna, uma criança não gosta destas coisas, só os adultos perversos é que podem oferecer às crianças tais contradições...se o armagedom é mesmo mau e é ensinado por adultos é bem possível que esses adultos sejam pessoas perversas como é que é possível aprender alguma coisa de bom e de útil com esses adultos que seja útil para a minha vida com tais imagens e com tal leitura, entramos de facto, no domínio do terror, da perversão.


Felizmente, o meu deus é bom e tem-me abençoado com o esclarecimento sobre as verdadeiras intenções da seita das testemunhas de jeová, que defende a morte para alguns quando afinal a Humanidade tem lutado contra o abandono da pena de morte...
Eu não acredito num deus mau, acredito em pessoas perversas, más, aquelas que ensinam coisas que fazem mal à vida das outras pessoas.


Enquanto criança que fui nas testemunhas de jeová, o armagedom não me ensinou nada de bom, só tive medo, pesadelos e acordei durante muitas noites, com medo. o medo não me fez ser uma pessoa melhor.


Felizmente na idade adulta, percebi o que a seita é, no todo percebi as engrenagens, sei o que a seita é para além das aparências. Livrei-me de uma seita que ensina perversamente o amor e o bem-estar. Só as mentes cegas de tanto repetirem sempre a mesma coisa acabam por acreditar na mentira e confundem a mentira com a verdade e a verdade com a mentira. A mentira e o medo cegaram o raciocínio, as testemunhas de jeová como grupo não conseguem ter o vislumbre de que é no dia-a-dia, agora, no presente, enquanto que por cá andamos que podemos praticar o amor.


Deixem as crianças em paz, é isso que devem fazer. Deixem as crianças seguir o seu próprio sentido de vida.
Que as meninas usem calças e que os pais dêem-lhes amor no dia-a-dia, carinho genuíno e deixem-se de conversa incomodativa, conversa que não leva a lado nenhum.


Tantas pessoas a precisarem de ajuda em África, ou a minha mãe aqui mesmo, onde estão agora as testemunhas de Jeová, o que é feito do amor, evaporou-se?


As crianças não precisam de palavreado.
As crianças não precisam de cenas de futurologia, para isso vão ao cinema.


Outra coisa horrível que eu vivi enquanto criança testemunha de jeová foram as reuniões enfadonhas. Aquela conversa mole. Ficava mesmo muito incomodada com os longos sermões, que bem espremido...


As crianças precisam é de brincar e de serem felizes.


E, coitados dos rapazes e das raparigas, não se podem masturbar…é isso que os torna perversos é não serem cientificamente, normais.


Às testemunhas de jeová que lerem isto, deixem as crianças em paz, deixem-nas escolher o que pretendem fazer das suas vidas quando elas puderem decidir o que é verdadeiramente importante viver.

Humor anti-descriminação

http://www.youtube.com/watch?v=1Cr9FhdWVZo

Se a tua mãe fosse lésbica, mudava alguma coisa?

Unir e não fracturar




Nova campanha publicitária da ILGA Portugal executada pela Lowe.

A ILGA Portugal – Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero lança hoje (Fevereiro de 2010) a sua segunda campanha publicitária anti-homofobia a nível nacional, executada em regime pro bono pela Lowe.

Campanha do "nós"

http://www.youtube.com/watch?v=cIK3F8Vg4TA


No momento em que o Parlamento português aprova a igualdade no acesso ao casamento e coloca Portugal como um exemplo a seguir em termos mundiais na luta contra a discriminação, a campanha vem também marcar que é tempo de reconhecer que lésbicas e gays são mães e pais, filhas e filhos, irmãs e irmãos, vizinhas e vizinhos, amigas e amigos, familiares ou colegas - e que é tempo de deixar de dizer "eles" ou "elas" e de finalmente passarmos todas e todos a dizer "nós".




A campanha é composta por um spot de televisão (30’’) que começará a ser exibido hoje (Fevereiro de 2010) em vários canais, tendo ainda o apoio da SIC Esperança; cartazes de grande formato, com o apoio do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu e com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa na sua divulgação, que se estenderá subsequentemente a todo o país; e um anúncio para cinema e Internet (60”) que estará disponível online.

gostariamos de receber depoimentos de testemunhas de jeová e ex-testemunhas de jeová

Denunciemos a seita do medo, a seita que impõe o medo aos seus associados.
Publicaremos de uma forma anónima todos os relatos de vida que nos façam chegar.
Precisamos denunciar colectivamente o mal que está a acontecer às pessoas dentro das testemunhas de jeová que pretendem sair ou que denunciam casos de hipocrisia dentro dessa seita e também é preciso denunciar sistematicamente o que as ex-testemunhas de jeová passaram e passam enquanto estão ligadas àquela seita.
É preciso denunciar todo o mal que aquela seita tem feito a todos aqueles que procuram sair e aos que saem da seita.
Já basta de ser tolerante para com uma organização má e que faz mal aos que estão dentro dela e que em nada contribui para fazer um mundo melhor.
Denunciemos a seita que só tem um coração grande em palavras, os anciãos "amorosos" que não o são, as suas acções com amor verdadeiro não existem.
Fica aqui o convite para que façamos crescer a denúncia pública desta seita.
Denunciem.
Não se calem.
Isso é o que a seita pretende, que todos se calem.
Ter medo de denunciar é ser cúmplice desta seita.

Diga NÃO à falsidade, diga NÃO à hipocrisia.
Diga SIM à verdade, diga SIM à verdadeira liberdade.
Diga SIM ao que o seu coração sente.

Reflexão pergunta para as testemunhas de Jeová responderem

As Testemunhas de Jeová adultas que expõem os seus próprios filhos a imagens e a discussões sobre a violência do Armazedon amam mesmo as suas crianças, os seus filhos?

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Livres Pensadores: A Urgência do Ateísmo

http://www.agendalx.pt/cgi-bin/iportal_agendalx/U0014417.html?area=Cursos%2fEncontros&tabela=cursos&genero=Saber%20Mais&datas=&dia=&mes=&ano=&numero_resultados=


Livres Pensadores: A Urgência do Ateísmo
18 Fev: 18h30

Com Christopher Hitchens

Christopher Hitchens é colaborador da Vanity Fair é professor convidado de estudos liberais na New School. É autor de inúmeros livros, entre os quais se destacam Thomas Jefferson: Author of America, Thomas Paine’s Rights of Man: A Biography, Letters to a Young Contrarian e Why Orwell Matters. Viu o seu nome ser incluído no 5.º lugar de uma lista dos 100 Maiores Intelectuais Públicos pela Foreign Policy e pela Prospect da Grã- Bretanha. Hitchens é frequentemente considerado um dos mais proeminentes representantes do moderno ateísmo, e é descrito como fazendo parte do movimento do novo ateísmo. O seu livro Deus não é Grande – Como a Religião envenena tudo, levou a que ascendesse a essa posição de grande destaque. Hitchens, juntamente com os ateístas Richard Dawkins, Sam Harris, e Daniel Dennett, é frequentemente referido como um dos quatro Cavaleiros do Apocalipse. É humanista e anti-teísta, e descreve-se como um crente nos valores filosóficos do Iluminismo. O seu principal argumento é o de que o conceito de Deus ou de um ser supremo é uma crença totalitária que destrói a liberdade individual, acreditando que a livre expressão e a investigação científica deveriam substituir a religião como um meio de ensinar ética e definir a civilização humana. Christopher Hitchens prepara neste momento um livro de memórias, Hitch-22 Some Confessions and Contradictions: A Memoir, que deverá sair em Junho deste ano.

Casa Fernando Pessoa
Endereço: Rua Coelho da Rocha, 16-18
1250-088 Lisboa
Horários: Seg a Sáb: 10h-18h
Telefone: 213 913 270
Fax: 213 968 262
Internet: casafernandopessoa.cm-lisboa.pt
E-Mail: cfp@casafernandopessoa.com
Acessos: Autocarros: 9, 20, 38
Eléctrico: 25, 28
Metro: Rato

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Declaração feita por um leitor deste blog que deixou um depoimento anónimo, ex-TJ homossexual em Portugal - manteremos o anonimato sempre que assim o queiram, respeito acima de tudo

"Aproveito para deixar aqui o meu depoimento, desde mto cedo cedo que sabia que era homossexual, minha familia toda desde sempre foi testemunha de jeová, eu ja fui duas vezes, e fui expulso de novo há uns dois meses.. é dificil vir de um meio em que as pessoas vivem obcecadas em não fazer nada de mal e fazem as coisas não c o amor verdadeiro, mas sim para manter as aparências, em que afirmam que há amor, mas desumanamente deixam seus parentes desassociados jogados num canto criticando todo o seu modo de vida, e esquecendo que por vezes são piores dos que estão fora.. a minha revolta maior, não é ter saido uma segunda vez, mas sim, saber que existem tantos anciãos gays que sao os maiores homofóbicos que existem, e saber que os que pertenceram a minha comissão judicativa, dois deles eram gays, e a maneira maliciosa em como indirectamente me criticaram, magoaram me e por fim, ainda disseram que era dificil perceber o que estava a sentir.. por favor... meu deus até qd continuará tanta hipocrisia.. até qd uma organização continuará em pé mantendo seus membros hipnotizados com a promessa do amor eterno...



eu decidi ir contra tudo e contra todos.. felizmente ja n me sinto mal com a minha condição.. e decidi que vou viver a minha vida, o que sinto dentro de mim, e procurar a felicidade todos os dias, e não esperar que essa felicidade xegue um dia lá mto a frente, eu axo que o corpo governante estraga os sonhos e desejos das pessoas fazendo as pensar que tudo é errado ou um perda de tempo, eu perdi a minha identidade por ser forçado a pensar que não podia gostar de outros homens, que nao podia ser manequim pk ia para um mundo desviado de Deus, que não podia ir para a faculdade pk ia perder o meu tempo, e agora, não fui nada do que queria ser porke era errado... por isso digo, os que forem gays e estejam dentro da organização não adiem mais e vivam a sua sexualidade porque ninguem ai dentro vai-se interessar por voce... ah e por incrivel que pareça qts gays existem mesmo dentro da organização... milhares!!!"

24 de Janeiro de 2010 12:04

"Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará" e o aumento da letra (o bold é nosso) é propositado para que seja lido e bem por todos os que passam por este blog.

Seguidores

Pictures of Lighthouses

Acerca de mim

desassociada. readmitida. dissociada.