sábado, 1 de maio de 2010

reflexões

ninguém gosta do tom de alguém que olha de cima para nós
esse é o tom das testemunhas de jeová
com o rei na barriga
acham-se superiores
(dentro da sua mediocridade)
eu também já fui assim
e com isso aprendi a não gostar de conviver com pessoas assim
é que descobri que não sou obrigada a conviver com quem não gosto
nada me obriga a dizer olá a alguém
e
de facto
há nomes de coisas de que eu não gosto
arménio é um som que me desagrada
e como sou vegetariana
tudo aquilo que tem nome de talho ou cheiro a talho..não é por aí
é dérmico
não estou com isto a desprezar ninguém mas há coisas que não fazem parte da minha pele

da minha vida
não gosto também de nomes de deuses de guerra
nem de justiceiros

gosto de deuses deusas de amor
gosto de poesia
e do cheiro a terra molhada

a vida tem-me dado todos os motivos para acreditar só no que eu sinto e a viver de acordo com isso
gosto de flores e de mar
gosto de paz e gosto de serenidade
gosto de ser eu própria
e não me importo nada que haja pessoas que não gostem de mim
gosto de pessoas autênticas
e não gosto de pessoas coitadinhas
nem gosto das pessoas que chamam aos outros de coitadinhas coitadinhos

gosto de pessoas autênticas e sensíveis
gosto de pessoas que não têm medo
gosto de pessoas corajosas
gosto de pessoas que se mostram como são
acho que me entendem

só faço aquilo de que gosto
e gosto das minhas contradições

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Pictures of Lighthouses

Acerca de mim

desassociada. readmitida. dissociada.