domingo, 2 de maio de 2010

Testemunho na primeira pessoa

"Quero expressar desde ja o meu espanto e admiração por existir este grupo. Algo que ja me tinha ocorrido, mas que creio que nunca fosse fazer. Finalmente sinto que posso exprimir o que sinto a alguém q é capaz de me compreender. A história é enorme, mas resumidamente cresci numa família testemunha de Jeová. Sempre fui "exemplar" e realmente não posso dizer q me sentia mal em ser tj. O problema surgiu quando os sentimentos me começaram a dividir. Apercebi-me q gostava de raparigas muito cedo. Foi sempre muito difícil lidar com a situação. Mas tinha o apoio incondicional e compreensivo da minha irmã e com ela nunca me sentia sozinha. Acontece o pior.
(...)
Bem, pelo menos a parte de eu ter sido desassociada e agora estar completamente só, isso já devem saber o que é. Não tenho amigos nenhuns, eu que sempre me rodeei de imensa gente, sempre gostei de estar no meio das multidões e ter sempre mais requisitos do que aqueles aos quais podia comparecer...de repente estou sozinha. Os dias custam a passar, n me apetece nada e acho q a continuar assim...n sei mesmo...Sinto-me mt só e triste. Precisava de falar com alguém q realmente me compreendesse. (...)


Ja agora, tenho 23 anos e sou de (...)".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Pictures of Lighthouses

Acerca de mim

desassociada. readmitida. dissociada.